7 Maneiras de Evitar Gastos no Google Adwords

Evite Vazamentos

Nós da Bidworks acreditamos que o Google Adwords é realmente a melhor plataforma de marketing que existe. Nela você consegue medir tudo que acontece com suas campanhas e anúncios sempre otimizando visando o ROI que lhe é interessante.

Porém, nós também sabemos que o Google pode gastar sua verba rapidinho. Muitas das opções padrão de campanha ajudam a maximizar o alcance e entrega do orçamento diário, esvaziando seu budget antes mesmo que você consiga saber o que está acontecendo e se aquele tráfego é de fato qualificado.

O problema é que quando você atinge mais pessoas, geralmente perde em relevância. Muitas das pessoas que vão clicar no seu anúncio não serão necessariamente seus clientes ideais e com o tempo isso vai afetar seu ROI. O melhor jeito de aumentar o ROI é garantir que o tráfego que está sendo adquirido através de sua campanha de Adwords ou Bing é o mais relevante possível. Felizmente existem vários modos de fazer isso em PPC.

Aqui vão os seis melhores maneiras de filtrar seu tráfego:

1. Palavras-Chave Negativas

As negativas, como são conhecidas, são a maneira mais conhecida de filtrar buscas que não interessam ao seu negócio. Uma palavra-chave negativa é basicamente o contrário de uma positiva. Ou seja, uma palavra-chave positiva vai acionar seu anúncio, enquanto uma negativa vai evitar que seu anúncio seja exibido e receba um clique desnecessário.

Vamos supor que você vende bonecos de ação, brinquedos e jogos para crianças. Você quer que seu anúncio apareça apenas para os produtos que você vende, certo? Então você adiciona palavras-chave negativas como roupa, vídeos, brincadeiras e etc. Essas palavras vão dizer ao Google que estas buscas não são relevantes pro seu negócio e seu anúncio não deve aparecer. Asism quando alguém buscar por brinquedos para crianças seu anúncio será exibido e quando buscarem por brincadeiras de crianças não.

Construir e alimentar uma boa lista de palavras-chave negativas vai te economizar bastante dinheiro com cliques inúteis que não serão convertidos.

 2. Tipo de Correspondência Ampla Modificada

A correspondência de palavra ampla (ou broad match) ganhou uma variação chamada palavra ampla modificada (ou modified broad match). O que isso significa? As palavras-chave amplas são o tipo de correspondência menos restritivo que existe. O que quer dizer que o Google vai acionar seu anúncio para o maior número possível de buscas que se relacionem com sua palavra.

As palavras negativas são a primeira maneira de lutar contra esse método mais agressivo de correspondência.  Mas a segunda maneira é fazer um bom uso das amplas modificadas.

Neste tipo de correspondência você aplica um sinal de “+” antes de cada palavra-chave. Esse sinal vai indicar ao Google que para imprimir o seu anúncio a busca deve conter a palavra com o “+ “na frente. Esse método restringi as buscas as palavras assinaladas com +.

Quando você anuncia na palavra ampla (broad match) “ração para pastor alemão” o Google vai imprimir seu anúncio para qualquer busca que contenha uma dessas palavras como por exemplo “filhotes de pastor alemão”. Se você não vende filhotes, não tem sentido adquirir esse tráfego. Com a ampla modificada (modified broad match) sua palavra-chave seria “+ração para +pastor +alemão e seu anúncio vai ser exibido apenas se o busca conter as três palavras que possuem o sinal + na frente.

 3. Adicione Contexto

Outra forma de garantir que seus cliques são relevantes é adicionar e otimizar baseado no contexto do usuário. Ou seja mostrar seus anúncios apenas para pessoas na hora e local certo.

No Google Adwords você pode ajustar sua campanha baseado em:

  • Location – usamos as informações de local do usuário para alcança-lo ou não. Se você tem uma pizzaria que alcança apenas seu bairro não tem porque anunciar para toda cidade.
  • Hora do dia – otimizamos baseado no horário em que a busca ocorreu. Se seu pessoal de vendas não vai estar disponível depois das 18h, não tem necessidade de deixar a campanha rodando após este horário.
  • Dispositivo – dependendo do dispositivo de acesso a mensagem pode ser otimizada. Quando a busca por uma pizzaria ocorre pelo celular por exemplo, uma simples extensão de anúncio de click-to-call pode fazer toda diferença.

Ajustando e otimizando quando e onde seus anúncios aparecem você consegue trazer o contexto do usuário para dentro de sua campanha, mais uma vez tornando-a relevante.

4. Otimização para Mobile

Se você está concorrendo nos leilões para dispositivos móveis, pode evitar desperdiçar dinheiro criando anúncios otimizados.

Anúncios de texto com preferência para usuários de celulares permitem que você customize a mensagem certa para este tipo de contexto. Pode-se incluir call-to-action específicos e também direcionar para landing pages mais assertivas.

Essas otimizações são vitais porque usuários em dispositivos móveis se comportam diferente daqueles utilizando um desktop. Esses usuários estão mais  propensos a clicar numa extensão de click-to-call do que preencher um formulário por exemplo. Por isso é sempre importante adicionar as extensões corretas de acordo com o contexto da busca do seu cliente.

 5. Gerenciamento Inteligente de Bids

O gerenciamento de bids de acordo com as palavras-chave ou grupos de anúncio pode ser outro aliado para evitar gastos desnecessários com suas campanhas. Existem várias teorias e métodos quanto ao gerenciamento de bids e vamos explorar mais em outros posts, porém, o básico é:

  • Aumente seus bids para palavra de alta performance. Se suas palavras com CTR alto e bom Quality Score estão convertendo com ROI desejado, aumento o bid.
  • Diminua o bid para palavras de baixa performance. Tente identificar os termos que estão gerando muitos cliques e custo e não estão convertendo. Abaixe seu bid e aplique seu budget de maneira inteligente..

6. Sempre Tenha as Tags de Conversão Ativas

É impressionante o número de contas que não tem as tags de conversão funcionando corretamente. Se você não está registrando suas conversões, não conseguirá dizer quais palavras estão sendo lucrativas e quais não. Consequentemente vai gastar dinheiro em termos que não deveria.

Se certifique que suas tags estão funcionando e identifique os pontos altos e baixos de sua campanha para sempre manter um ROI positivo.

7. Trabalhe no seu Quality Score

Se sua conta possui mais de 30% das palavras com QS igual ou menor que 5 você precisa trabalhar seu QS. Quanto mais próximo de 10 mais relevante o Google entende que seu anúncio é para aquele termo e mais barato seu CPC médio vai ser.

Sendo assim vale a pena se esforçar e otimizar seus termos que estão com baixo QS. Verifique se o anúncio tem a ver com a palavra-chave pela qual ele responde, se a langind page está de acordo com o tema do anúncio, adicione sitelinks relevantes e customize sua mensagem da melhor maneira para aumentar seu CTR. Todos esses quesitos serão levados em conta pelo Google na hora de avaliar o quality score de suas palavras-chave.