Desperdiçando 25% de seu orçamento no Google Adwords?

Novos estudos mostram que sua campanha pode correr esse risco. Em média um anunciante pequeno investe em torno de R$3.000,00 por mês em pay-per-click (seja Adwords ou bing), mas desperdiça, em média, 25% desse total. Isso de acordo com uma nova análise que levou em consideração 500 pequenas e médias empresas com contas ativas no Google Adwords.

A empresa que conduziu a pesquisa, a Wordstream, determinou uma série de motivos pelos quais estes pequenos empresários perdem dinheiro com suas campanhas. Entre eles estão:

  • Palavras-chave que não tem nada a ver com o seu negócio.
  • Cliques provenientes de outro mercado que não é o seu.
  • Relevância dos anúncios e Quality Score ruim.
  • Falta de tempo ou conhecimento para otimizar sua conta de Adwords.

Orçamento desperdiçado também leva a oportunidades perdidas. Por exemplo, para um pequeno hotel ou pousada que desperdiça 25% de seu orçamento isso pode significar até 367 hóspedes perdidos (baseando-se nos números gerais, tanto de cliques quando taxa de conversão de PPC de 2013). Ou 569 produtos não vendidos para um e-commerce.

O estudo da Wordstream comparou a performance de vários anunciantes no Google Adwords por períodos diferentes mas que sempre que mantiveram seu budget estável. E através de uma análise destacaram as 5 principais áreas de otimização para essas contas:

1. Seja ativo! Gaste pelo menos 20 minutos na semana otimizando sua conta.

O estudo demonstrou que 53% dos pequenos e médios anunciantes otimizam suas contas uma vez a cada 4 meses. Apenas 1% otimiza sua conta uma vez por semana.

Pay-per-click é um mercado em constante mudança e desenvolvimento. Se você ficar parado enquanto seus concorrentes estão se mexendo e otimizando você vai ficar para trás.

2. Encontre suas Melhores Palavras-Chave

Palavras de long-tail (ou calda-longa) podem te ajudar a encontrar custos menores de CPC, cliques mais qualificados e menor competição. Ainda assim, um em cada quatro pequenos e médios anunciantes tem em sua conta apenas palavras de correspondência ampla (broad match) e o que é ainda mais assustador, um em cada cinco faz uso das negativas.

É necessário um trabalho de mineração de palavras constante para otimizar sua conta. Os search query reports podem ser sua maior aliado na hora de excluir tráfego não relevante para o seu site.

3. Melhore a Relevância dos seus Anúncios

Quando você melhora a relevância você também melhora seu CTR (click-trough rate) e seu Quality Score. A pesquisa demonstrou que contas com baixo indíce de Quality Score viram seu CPC médio subir em até 400% e seu CPA (custo por aquisição) aumentar em até 64%.

Anúncios mais dirigidos aumentam sua relevância e seu QS. Conforme seu QS subir em direção da nota máxima 10, menor será seu CPC médio. No estudo a diminuição do CPC foi em torno de 50% conforme melhora no QS.

4. Construa Boas Landing Pages

Essa é outra grande oportunidade onde os pequenos estão tendo dificuldades e desperdiçando seu orçamento. O estudo mostrou que 25% das contas de Google Adwords analisadas enviavam todo tráfego para a mesma landing page, enquanto 20% delas enviavam todo o tráfego para a homepage.

Além disso, menos de 50% das landing pages tinha conversion tracking instalado. Na Bidworks não ativamos uma campanha enquanto não estivermos com todos os códigos de conversão instalados. Do contrário, não tem como avaliar a performance da conta.

5. Siga as melhores práticas de PPC para Mobile

Adicionar um sitelink de call extension (extensão de chamadas) pode aumentar em até 10% seu CTR, mesmo assim apenas alguns anunciantes empregam esta técnica. De acordo com o estudo 19 de cada 20 não contavam com esta extensão.

Hoje, as pessoas chegam a passar até 141 minutos por dia em seus telefones celulares, isso siginifica que se você não estiver olhando para estes dispositivos está deixando dinheiro na mesa e baixando seu ROI. Para alguns anunciantes locais, essa técnica é muito importante já que seus clientes podem estar pesquisando por eles na rua, no carro, ou onde quer que estiverem.

Para mais informções sobre o estudo acesse: http://www.wordstream.com/articles/free-advertising